27.5.16

Diary | Budapest - Day 2

Olá meninas,

Vamos então ao 2º post sobre Budapeste. Ao contrário do dia anterior, Domingo acordou com um ar pouco simpático - muita chuva e frio. No entanto, era o último dia na cidade e portanto não íamos deixar de fazer o planeado por causa de uma "chuvinha".


O dia começou com mais uma tour - desta vez pelo Jewish District. A empresa da tour era a mesma (podem ver aqui) e, curiosamente, o guia também. Mais uma vez, o ponto de encontro foi na Vörösmarty square.

Foi uma tour um pouco mais pequena - encurtada também, penso eu, por causa do mau tempo que se fazia sentir. Os principais pontos vistos foram Dohány street, Grand Synagogue, Kazinczy street, Ortodox Synagogue, Rombach street Synagogue, Gozsdu Courtyard, Wallenberg Memorial Park e Last piece of ghetto wall. 
 Um exemplo de Art Nouveau em Budapeste


 Dohany street Grand Synagogue

Kazinczy Sinagogue

Holocaust tree (aqui)

O Jewish district encontra-se no 7º districto, o "Erzsebetvaros" que deve o seu nome à Queen Elisabeth (conhecida como Sissi). 


Terminámos a tour no Szimpla Kert - que aos Domingos se transforma num mercado - onde aproveitámos para comprar algumas lembranças. 



Depois de irmos ao hotel vestir mais umas camadas de roupa, foi tempo de continuar. Passámos pela Vaci ut (rua das lojas) e depois seguimos para o Danube Promenade. Aqui, parámos junto aos Sapatos do Danúbio (que representa os Judeus mortos a tiro junto ao Danúbio) para tirar algumas fotos e depois seguimos até ao Parlamento.

 Sapatos do Danúbio

O Parlamento de Budapeste, com 691 salas, é dos mais incríveis da Europa. Paga-se para visitar e a visita só pode ser feita em horários específicos - sendo que nem todos são em Inglês. Por isso, para não condicionar o dia, acabámos por ver apenas por fora.

Parlamento

O plano era almoçar num italiano ali perto, que tínhamos visto que era bastante barato. No entanto, o restaurante estava fechado e acabámos por seguir em direcção à St.Stephens Basílica. Como no dia anterior não tínhamos entrado e a visita é grátis, era um sítio a que fazia todo o sentido ir. Para subir paga-se 500 florins (cerca de 1.60€), mas optámos por não o fazer, uma vez que no dia anterior já tínhamos tido a oportunidade de ver a cidade dum ponto alto.

Basílica de St.Stephen

Depois de almoçarmos, seguimos para a Andrassy Avenue, a "Avenida da Liberdade" lá do sítio, pelo menos o início. Andando pela avenida, encontra-se a Ópera de Budapeste, a House of Terror e, mesmo no fim, a Heroes Square.

 Ópera de Budapeste

House of Terror - Este museu regista eventos e práticas sombrias que ocorreram após a 2a Guerra Mundial

Completamente encasacadas - ninguém diria que no dia anterior se tinha visto tanta gente de vestido ou calções e manga curta

Heroes Square

Depois do Heroes Square, encontra-se o Parque da Cidade. Caso tivesse bom tempo, teria sido um passeio óptimo para tirar fotos, mas o tempo não convidava a grandes passeios. Neste parque existem também os banhos termais - os maiores de Budapeste, mas por razões logísticas fez todo o sentido irmos aos Gellért no dia anterior.


 Parque da Cidade

Depois de vermos os pontos principais do Parque, voltámos para o hotel para ir buscar as mochilas e seguimos para a Estação de Comboios Keleti, de onde começaria a viagem para Praga.

Terminou assim a visita a Budapeste. O que acharam da visita e do nosso roteiro? O que ficaram com mais curiosidade de conhecer?

7 comentários:

  1. Adorei as fotos :)
    Beijinhos
    www.prettyinpinkmc.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  2. Fiquei cheia de vontade de ir a Budapeste!
    Aquela imagem dos sapatos do Danúbio é mesmo marcante! Não sabia da existência deste memorial!

    Lena's Petals xx

    ResponderEliminar
  3. Esse lugar e lindo
    Beijinhos
    CantinhoDaSofia
    Facebook
    Convido-te a participar no Sorteio do cantinho
    Novo Sorteio ( Portugal & Ilhas )
    Tem post novo

    ResponderEliminar
  4. Budapest parece incrível, gostava de visitar um dia :)

    ResponderEliminar
  5. So true what you said about connecting with fashion.

    ResponderEliminar